ATENDIMENTO

(44)3056-1546

Veja o que mudará na aposentadoria após a promulgação da reforma da Previdência.

banner-rodape03

 

 

 

 

 

 

  1. Pedágio de 50% do tempo que faltar para atingir o mínimo de contribuição, que é de 35 anos para homem e 30 anos para mulher.
  2. Não depende da idade.
  3. Pode ser usada por quem já tenha um mínimo de 28 anos de contribuição (mulher) ou 33 anos de contribuição (homem).
  4. Salário será a média das contribuições com aplicação do fator previdenciário.Requisitos mínimos de idade (60 anos para homem e 57 para mulher) e de tempo de contribuição (35 anos se homem e 30 anos se mulher).
  5. Pedágio de tempo de contribuição igual ao quanto faltar para atingir o requisito.
  6. Professores contarão com cinco anos a menos de idade e de tempo de contribuição para aplicar o pedágio.
  7. Valor dos proventos será igual a 100% da média de todos os salários Direcionada a quem tem mais idade: 60 anos se mulher e 65 anos se homem, no mínimo.
  8. Contribuição de 15 anos para o homem e para a mulher, mas a idade exigida da mulher sobe gradativamente para 62 anos até janeiro de 2023.
  9. Valor dos proventos será calculado sobre a média de todos os salários de contribuição.
  10. Encontrada a média, serão 60% por 20 anos de contribuição e 2% a mais dessa média a cada ano além disso até o máximo de 100% da média, exceto para a mulher, para a qual o acréscimo começa depois de 15 anos de contribuição.
  11. Direcionada a quem tem mais tempo de contribuição, essa transição exige 56 anos de idade e 30 anos de contribuição para a mulher; e 61 anos de idade e 35 anos de contribuição para o homem.
  12. A partir de 1º de janeiro de 2020, a idade exigida sobe gradativamente até alcançar 62 anos para a mulher em 2031 e 65 anos para o homem em 2027.
  13. Professores começam com exigência de 25 anos de contribuição e 51 de idade para a mulher e de 30 anos de contribuição e 55 de idade para homem, com igual regra de aumento das exigências ao longo do tempo.
  14. Valor dos proventos segue a média de todos os salários com aplicação de 60% por 20 anos e mais 2% da média a cada ano além disso.
  15. Exige soma de idade e tempo de contribuição, o qual será de, no mínimo, 30 anos de recolhimento para a mulher e 35 anos de recolhimento para o homem.
  16. A soma é convertida em pontos, começando em 86 pontos para a mulher e 96 pontos para o homem.
  17. Mas, a cada ano a partir de 2020, a soma exigida cresce um ponto até alcançar 100 pontos para a mulher (em 2033) e 105 pontos para o homem (em 2028).
  18. Professores contarão com redução inicial nos pontos (81 pontos para mulher e 91 pontos para homem), crescendo a partir de 2020 até chegar a 92 para a mulher (em 2030) e a 100 para o homem (2028). O tempo mínimo de contribuição para eles será de 25 anos para a mulher e de 30 anos para o homem.
  19. O valor da aposentadoria segue a regra de 60% da média de tudo, crescendo 2% da média a cada ano.